Tiro certo
(Kiko Furtado / Leo Bary)

Lá estava eu a toa na vida
Contanto estrelas olhando a lua
Meu coração a tempos sozinho
Só faltava te encontrar na rua

Eu sei que o amor não marca hora
Nem diz quando é que vai embora
Mas foi um tiro certo rasgando o meu peito
Se dane a tal solidão

Ela joga o meu coração na fogueira
Me incendeia de paixão a noite inteira
Essa garota toma conta de mim
E eu só preciso que ela diga que sim

Até agora eu não acredito
No anjo que caiu aqui na minha mão
Ela é meu sonho, meu doce paraíso
Ela será pra sempre a minha perdição